Notícia

Rui Moreira e Paulo Cunha debatem descentralização, amanhã, em Famalicão

Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, e Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, são dois dos autarcas que já manifestaram publicamente a não aceitação da transferência de competências propostas pelo Governo de Portugal para 2019 e cujos executivos aprovaram já essa recusa. Ambos os autarcas vão marcar presença amanhã, terça-feira, 29 de janeiro, na Fundação Cupertino de Miranda de Vila Nova de Famalicão, na conferência intitulada “Impactos da descentralização de competências para as Autarquias Locais” promovida em parceria pelo Observatório das Autarquias Locais e pelo Grupo Skillmind com o apoio da autarquia famalicense.
Para além de Paulo Cunha e Rui Moreira participam ainda como oradores e intervenientes nesta conferência os autarcas de Guarda e Vila Real, Álvaro Amaro e Rui Santos, respetivamente, o Presidente do Conselho de Administração Executivo das Infraestruturas de Portugal, António Laranjo, o presidente da direção da AICCOPN, Manuel Reis Campos, o presidente da Associação Portuguesa de Geógrafos, José Alberto Rio Fernandes, e ainda o CEO do Grupo Skillmind, Luís Ramalho, e o presidente do Observatório das Autarquias Locais, Bartolomeu de Noronha.
A conferência vai decorrer no auditório da Fundação Cupertino Miranda, a partir das 14h30. As inscrições já estão esgotadas.
“Descentralizar as tarefas ou as decisões?”, “Descentralização: interior vs local” e o impacto da descentralização de competências na gestão rodoviária e no investimento público serão, entre outros, alguns dos temas abordados na conferência.

Data de Publicação:
Voltar à Página Anterior



Siga-nos

Publicidade




Últimas


Enfermeiros em greve protestam hoje à porta do Hospital de Famalicão

Associação de Pais da EB/JI Conde de Arnoso assinala o dia da “Família na Escola”

Seide saiu à rua em modo de festa e fez a sua Mostra Comunitária