Notícia

Ensino Profissional de Famalicão apresenta projetos empreendedores

Um sistema automatizado para maximizar a utilização de painéis fotovoltaicos e diminuir os consumos energéticos; um programa para aplicação em lares e casas de saúde que reúne toda a informação de cada um dos utentes; uma mesa que suporta uma rebarbadora e que facilita a realização de trabalhos que envolvam o corte de diversos materiais metálicos; uns cereais de pequeno almoço de bolota e um sistema que permite a invisuais a leitura em braile de documentos ou textos escritos em formato digital.
Estes são alguns dos 10 projetos finalistas do concurso “O Meu Projeto é Empreendedor”, que todos os anos destaca as Provas de Aptidão Profissional mais inovadoras apresentadas pelos alunos do ensino profissional de Vila Nova de Famalicão.
O concurso, promovido pela Rede Famalicão Empreende, pretende fomentar o empreendedorismo nos jovens estudantes e valorizar o ensino profissional no concelho.
No total foram apresentados 21 projetos a concurso relativos ao ano letivo 2017/2018. Os dez finalistas correspondem a ideias desenvolvidas na Didáxis de Vale S. Cosme, Escola Secundária D. Sancho I, INA – Instituto Nun’Alvares, Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado, ALFACOOP, FORAVE e OFICINA – Escola Profissional do INA.
Os projetos vencedores serão conhecidos esta sexta-feira, dia 9, pelas 20h00, e os três primeiros classificados serão premiados com 1000, 500 e 250 euros. O grau de inovação, a exequibilidade e o impacto social e/ou económico da ideia são os critérios tidos em conta pelo júri da iniciativa.

Data de Publicação:
Voltar à Página Anterior



Siga-nos

Publicidade




Últimas


Enfermeiros em greve protestam hoje à porta do Hospital de Famalicão

Associação de Pais da EB/JI Conde de Arnoso assinala o dia da “Família na Escola”

Seide saiu à rua em modo de festa e fez a sua Mostra Comunitária