Notícia

Associação Gerações: Aprender a andar de bicicleta aos 75 anos

Dando seguimento a várias solicitações dos seniores que frequentam o Clube Sénior, a Associação Gerações está a desenvolver um projeto acompanhado por uma fisioterapeuta, ela própria uma amante das “duas rodas” - Raquel Cunha Fernandes, que visa ensinar a andar de bicicleta a pessoas que, quando crianças e jovens, não tiveram essa oportunidade.
As sessões de iniciação à aprendizagem do andar de bicicleta começaram na semana passada e envolvem já um grupo de cerca de vinte seniores, curiosamente um grupo constituído exclusivamente por senhoras, a mais velha com 75 anos. O espírito que envolve o Clube Sénior e que aposta no aprender permanentemente e ao longo da vida está uma vez mais presente no desenvolvimento desta iniciativa.
Para uma criança ou para um jovem, aprender a andar de bicicleta é quase instintivo, não exigindo um esforço complementar. Para uma sénior com 75 anos não é bem assim. Há um conjunto de posições do corpo que têm que ser moldadas, há todo um ajustamento global que tem que ser conseguido e há questões de equilíbrio que são fundamentais. Depois de conseguido tudo isto, é começar a pedalar.
As primeiras voltas começaram a acontecer no pátio do solar do Clube Sénior que oferece as necessárias condições de segurança. Foram voltas que exigiram o acompanhamento da monitora que segurava também a bicicleta para evitar quedas e transmitir a sensação de que quem a conduzia já estava a andar sozinho.
Depois destes primeiros ensaios que provocam sempre situações que dispõem bem, já há quem se aventure a pedalar sozinho e que, com a ajuda dos pés, consiga andar de bicicleta, numas voltas ainda curtas e tímidas pelo empedrado do pátio do solar.
Este é também um contributo da Associação Gerações para a mobilidade sustentável e ecológica. Promover o uso da bicicleta entre os seniores é uma mais-valia para a qualidade de vida e para a defesa do ambiente, isto para além das enormes vantagens que traz para a saúde de todas as pessoas que fazem uso quotidiano deste meio de deslocação, reduzindo o risco de diabetes e de pressão arterial alta, prevenindo o risco de doenças do coração, ajudando a perder peso e a aumentar a capacidade pulmonar.
Para além de tudo isto, o uso da bicicleta aumenta o bem – estar físico e mental dos utilizadores e dá um contributo para a socialização dos seniores, com as saídas de casa que permitem conhecer novas pessoas e fazer novas amizades.
A muito curto prazo, os novos seniores – ciclistas do Clube Sénior da Associação Gerações aventurar-se-ão pelas viagens no interior da cidade e começarão a fazer as suas deslocações mais prioritárias de bicicleta. Serão também porta bandeiras das novas formas de mobilidade, contribuindo para a sua divulgação entre a comunidade famalicense.



 

Data de Publicação:
Voltar à Página Anterior



Siga-nos

Publicidade




Últimas


Visita Pascal levou Paulo Cunha ao Hospital de Famalicão

Duas dezenas de Bombas de Abastecimento sem combustível no concelho de Famalicão

Festas de Maio trazem “Dias à Mesa” com Rojões e muita animação